Almoinhas Velhas

Posted in Notícias

Toponímia

Seguindo J. Diogo Correia:

Disseminadas pelo país, há cerca de 30 lugares com o nome Almiunha(s). A palavra é nitidamente árabe e significa pequena propriedade, horta murada. É o mesmo de almainha, do árabe al-munia.

Pinho Leal afirma que almuinha não veio do árabe e que, pelo contrário, é vocábulo autêntico português. Eu, porém, sigo o conceito do arabista e meu velho amigo, Dr. José Pedro Machado.

Há Almiunha Velha no concelho de Abrantes e Almiunha Velha de Baixo no de Mértola.

No Censos de 1527, a aldeia de Almoinhas Velhas, tinha dezanove fogos.

Vista da povoação de Almoinhas Velhas

 

A Quinta de Santa Rita

Quinta de Santa Rita é o nome duma extensa propriedade existente em Almoinhas Velhas.

A sua área era, em tempos recuados, muito maior do que a actual, pois, segundo nos informaram, em determinada altura, por separação, apareceu uma outra - a da Eira -, que, como particularidade curiosa, tem dentro de um dos salões do palacete ali construído um grande rochedo natural, que a proprietária, decoradora, entendeu conservar como bibelô.

Quinta de Santa Rita Portal de Cima

Portal de Baixo, Quinta de Santa Rita. Datado de 1779

Portal de Cima

 

Janelas da capela Imagem de Santa Rita

Janelas da capela.

Imagem de Santa Rita.

Nenhuma destas quintas merecia mas do que estas simples citações se não fora o facto de, na primeira, ter existido uma capela, hoje profanada, que um dos seus proprietários, subdito alemão, resolveu integrar na própria residência, constituindo um salão, cujo tecto ainda conserva as pinturas originais, e um portal do Casal de Santa Maria, que foi dum convento de Lisboa, segundo é voz, e pertenceu depois ao José Marau, do Arneiro, anteriormente a seu pai que a tinha comprado a Manuel Viana. O sino da aludida capela serve hoje de ornamento a esse portal.

Os terrenos da quinta desenvolvem-se em socalco, achando-se muito bem aproveitados. Um dos tanques foi transformado em piscina.

 

 

 

Tecto da antiga capela da Quinta de Santa Rita Tecto da antiga capela da Quinta de Santa Rita

Tecto da antiga capela da Quinta de Santa Rita.

   
Frontão que decora o tanque de rega da quinta. Séc. XVIII Outra vista do mesmo frontão

Frontão que decora o tanque de rega da quinta. Séc. XVIII.

Outra vista do mesmo frontão.

 

 

 

 

Fonte de chafurdo - Anos 70 Fonte de chafurdo

Fonte de chafurdo. Anos 70.

A padeira de Almoinhas Velhas

A padeira de Almoinhas Velhas. Fabricando pão em dia de Carnaval.

Casas tradicionais de um piso Casas tradicionais de um piso

Casas tradicionais de um piso.

 

Fonte:

Livro "Registo fotográfico de alcabideche e alguns apontamentos histórico-administrativos" realizado por Guilherme Cardoso, Jorge Miranda e Carlos A. Teixeira com o apoio da Junta de Freguesia de Alcabideche, C.M. de Cascais, Associação Cultural de Cascais e Assembleia Distrital de Lisboa em 2009.